O que é o doping?

É de salientar que o “herói” desportivo que utilize este tipo de compostos pode induzir os mais novos a imitá-lo, com o aumento dos riscos envolvidos. É aqui que os professores de Educação Física e os treinadores têm um papel importante a desempenhar, de forma a alertar os seus atletas sobre os malefícios do uso do doping.
Nos atletas, o recurso ao doping também tem vindo a aumentar devido a:

As expectativas do público, treinadores, etc., que se geram em torno da sua prestação, vão submetê-lo a um estado de pressão tal, que se pode sentir tentado a utilizar substâncias “dopantes”, de forma a não decepcionar essas pessoas;

Os altos níveis de especialização e de prestação dos atletas fazem parecer que a única forma de evoluir mais ou de fazer melhor que o adversário será o recurso ao doping.
Actualmente, os atletas e respectivos médicos e treinadores, apanhados na prática de “dopagem”, podem sofrer várias sanções, que podem chegar mesmo à suspensão.
Os mass media também têm um papel preponderante no combate ao doping, nomeadamente na promoção de campanhas publicitárias e programas dedicados ao encorajamento dos valores éticos do desporto.

Em conclusão, podemos afirmar que o doping é a utilização de substâncias ou outros meios destinados a aumentar artificialmente o rendimento, tendo em vista a competição, e que podem trazer prejuízos à ética desportiva, à integridade física e psíquica do atleta. O doping pode ainda ser considerado como a ingestão de substâncias que fazem parte da lista de produtos proibidos pelo Comité Olímpico Internacional.

Print This Page Print This Page
18,320 views
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (60 votes, average: 4.2 out of 5)
Loading ... Loading ...